Por ocasião dos 5 anos do CEBI Méier

maio 7, 2017

Cinco anos de caminhada

Fernando Henriques

subcoordenador

 

A 4 de agosto de 2007, por iniciativa do Pe Renato Cadore  o CEBI Méier fazia sua primeira atividade  pública, o encontro inicial de um Curso Popular da Bíblia, abordando o Primeiro Testamento a partir de coleção de Tea Frigerio publicada pelo CEBI.

Este encontro foi realizado num sábado, durante todo o dia, com almoço partilhado no foyer do térreo da Casa Pe Dehon. A assessoria coube ao Fabiano, hoje na tesouraria do CEBI RJ (Estado). Quase meia centena de companheiros iniciou o curso e muitos deles perseveraram e continuaram no CEBI Méier, alguns até a data presente.

Para assinalar os cinco anos de caminhada, nem sempre em céu de brigadeiro, esbarrando em rosas e espinhos nas curvas do caminho, o CEBI Méier teve uma celebração de aniversário na missa das onze horas do dia 02 de setembro último, presidida por Pe José Luís e dando início às atividades cebianas do Mês da Bíblia, que vão prosseguir até  novembro.

O início da celebração contou com texto escrito conjuntamente pelo CEBI e pela Liturgia, preparando o ambiente do encontro. À hora da Liturgia da Palavra, o CEBI adentrou a nave da Igreja com Marcos Thadeu, atual coordenador, à frente, levando a Bíblia em suas mãos e o restante do CEBI o seguiu portando cada um uma vela. Durante as leituras as velas do CEBI permaneceram ao lado do Ambão e nas proximidades do presbitério.

O Pe José Luís em diversos momentos destacou o carisma do CEBI no estudo das sagradas escrituras e da perseverança do grupo. Embora não seja tão grande como no passado, pudemos contar com um grande número de antigos participantes.

Cabe aqui um agradecimento à comunidade dehoniana que sempre nos tem apoiado e pela cessão de espaço para nossos encontros e eventos na Casa Pe Dehon.

A propósito do início do Mês da Bíblia, no dia anterior (sábado, 01/09), o CEBI Centro Rio convidou a profª Tereza Cavalcanti para assessorar o Estudo do Evangelho de Marcos, com adesão do CEBI Méier. O evento realizou-se na Paróquia de São Jorge, em Quintino, zona norte do Rio, com a presença de aproximadamente 50 pessoas, a maioria da comunidade local, mas também de outras regiões da cidade e do estado.

Este encontro foi realizado em horário integral e decorreu das 9:20 às 16 horas. A assessora dividiu o estudo em cinco partes. Na primeira parte foi feita uma introdução à Bíblia, abordando sua composição. A segunda parte foi uma introdução ao segundo testamento. Já a terceira foi uma pequena introdução aos evangelhos e a Marcos em particular.

A quarta parte do encontro foi centrada no estudo de Marcos 5, 21-43, perícope comumente conhecida como A filha de Jairo e a mulher com hemorragia. Os participantes foram divididos em 5 grupos que refletiram sobre o texto e apresentaram suas conclusões e descobertas em plenária muito animada.

O grupo 1 abordou o texto sob a ótica de três perguntas: Qual a história de Jairo? Como ele se relacionou com Jesus? E com os demais personagens? O grupo 2 pensou o texto fazendo outras três perguntas: Qual a história da mulher hemorroísa? Como ela se relacionou com Jesus? E com os outros personagens? O grupo 3 debruçou-se sobre a questão de como era o relacionamento de Jesus com os seus discípulos, a partir da história contada por Marcos.

O grupo 4 tentou responder às seguintes questões: Quais eram as mulheres presentes na história? Elas têm nomes? Elas falam? O que acontece com cada uma delas? Por fim o grupo 5 abordou a questão de como era a relação de Jesus com a família de Jairo.

Após o almoço comunitário a assessora entrou na parte 5 e abordou a questão da voz das mulheres no texto bíblico, alargando a reflexão dos participantes. Ficou claro como as identidades masculinas foram preservadas enquanto nenhuma das mulheres envolvidas atende pelo próprio nome.

Cabe o destaque da maneira como a comunidade de São Jorge de Quintino recebeu a todos, com a fidalguia a que já nos acostumamos e com um grande amor pela Palavra e pelos irmãos. E cabe um profundo agradecimento à profª Tereza Cavancanti pelo incomensurável serviço que tão competentemente nos prestou. Com a palavra de Deus, nossa comunidade cebiana gera mais transformação e vida para todos!

 

CEBI Méier: Leitura Popular da Bíblia

abril 30, 2017

Fernando Henriques

O CEBI (Centro de Estudos Bíblicos) é um órgão ecumênico de âmbito nacional com sede em São Leopoldo, RS. Em cada estado há uma representação, o mesmo acontecendo em nível municipal. O CEBI-Méier faz parte do CEBI Centro-Rio, que funciona no Colégio Assunção, em Santa Teresa.

Há cerca de cinco anos iniciamos nossa atuação na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, sob inspiração do Padre Renato Cadore. A atual coordenação está em seu segundo ano. Continuamos garimpando a imensa beleza e sabedoria da Palavra de Deus. Somos abertos à comunidade cristã, abrigando diversas denominações.

No segundo semestre de 2012 o CEBI Méier está apresentando uma rica proposta de encontros. Programamos atividades em quatro grandes blocos: leitura popular da bíblia, área bíblica, ecumenismo e meio ambiente. A riqueza da Palavra será garimpada através de estudos do Evangelho de Marcos e da Formação do Povo de Deus.

Partindo da realidade dos excluídos, a metodologia do CEBI vai além do estudo bíblico. Ela se propõe uma mística muito própria que tem sua fonte alimentadora na luta por uma sociedade de partilha, solidariedade e respeito a todas as formas de vida.

Temos dois importantes livros em nossas mãos, a VIDA e a BÍBLIA. O seguimento de Jesus é nossa meta. Seguir as práticas de Jesus é ser um seguidor do Caminho, um cristão verdadeiro. O estudo bíblico cebiano, na força do Santo Espírito, atualiza as práticas de Jesus. E essas práticas nos dão a certeza de que são possíveis uma nova sociedade e um mundo novo.

A proposta do CEBI é buscar na Bíblia textos que iluminem estas nossas realidades de um novo milênio e nos conduzam a uma práxis cristã. Venha você também participar conosco de nossa leitura popular dos textos sagrados.

Sua vontade em estudar a Bíblia, em aprofundar seus conhecimentos a respeito da Revelação proposta ao povo de Deus, seu amor por aquele que armou sua tenda entre nós, é suficiente para que você participe de nossa caminhada.

Venha você também fazer parte dos cebianos do Méier. Nossos encontros são aos sábados, das 8:30 às 12 horas na Casa Pe. Dehon (Rua Vilela Tavares, 154, Méier). Todos estão convidados a participar. Com a palavra de Deus, nossa comunidade gera mais transformação e vida para todos!

 

CEBI – Centro de Estudos Bíblicos – Fundadores

abril 23, 2017

Os fundadores

Para divulgar, aprimorar e capacitar pessoas no uso da nova forma de ler e interpretar a Bíblia (metodologia da Leitura Popular da Bíblia)), foi fundado, em 20 de julho de 1979, o Centro de Estudos Bíblicos-CEBI. O CEBI constitui uma associação ecumênica sem fins lucrativos, formada por mulheres e homens de diversas denominações cristãs, reunidos pelo propósito de captar e fortalecer esse jeito de ler a Bíblia para que, junto com Jesus, possamos orar: “Pai, eu te agradeço porque escondeste essas coisas dos sábios e entendidos e as revelaste aos pequenos. Sim, Pai, assim foi do teu agrado!” (Mt 11,25-26).

Nas fotos, da esquerda para a direita: Jether e Lucilia Ramalho, Agostinha Vieira de Mello e Carlos Mesters.

A primeira foto é de 20 de julho de 1979, durante a reunião de fundação do CEBI. A segunda é de outubro de 1999, durante a celebração dos 20 anos do CEBI, na Assembléia Nacional de Salvador.

Nossa história – O nascimento

 

CEBI Méier

 

Nosso grupo adotou o nome de Comunidade Renato Cadore, homenageando seu fundador histórico.

O CEBI Méier foi fundado em 4 de agosto de 2007, tendo cinco anos de caminhada. A primeira atividade foi um Curso Popular da Bíblia focando o Primeiro Testamento. O grupo comemora seus cinco anos com um novo Curso Popular da Bíblia, desde junho e até o fim do ano.

O CEBI dispõe de duas salas em uso permanente na Casa Pe Dehon (Rua Vilela Tavares, 154, Méier), espaço cedido pela Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Os encontros são semanais, aos sábados, de 8:30 às 12 horas.

Bíblia e Ecologia

Terra, Ar, Água, Fogo.

A promoção da vida passa pelo equilíbrio ecológico. A dimensão da ecologia já se faz ver e sentir em inúmeros movimentos sociais e populares onde o CEBI atua. Ela continuará presente, de modo marcante, nos próximos anos, com publicações, encontros e seminários abordando especificamente essa temática. Essa atenção específica esteve presente como tema de estudo da Assembléia Nacional do CEBI – “Bíblia e Ecologia” – que aconteceu em novembro de 2002. Estudos e subsídios sobre “Terra, Água e Fogo” foram temas abordados no triênio que se seguiu. E permanece atual, bastando ver os parcos resultados da Rio+20. O CEBI participou este ano da Cúpula dos Povos no Aterro do Flamengo, evento paralelo. A reflexão sobre o tema é necessária para que nos imbuamos da urgência de transformar nossa relação com a “oikos”, a casa que nos acolhe.

Em 10 de novembro próximo teremos um encontro Bíblia e Meio Ambiente, promovido por nossa Comissão de Cidadania, Fé e Política e pelo CEBI Centro-Rio. O encontro deverá ter a animação do teólogo Obertal Xavier, assessor do CEBI e a participação de Divino Silveira.

Mês da Bíblia

Este semestre o CEBI Méier vai dar atenção especial ao Evangelho de Marcos. Já em agosto teremos dois encontros. Em 01/09 teremos um evento especial, associados ao CEBI Centro-Rio, tendo como local a Igreja de São Jorge, em Quintino. Tema: Discípulos Missionários a partir do Evangelho de Marcos. O encontro deverá ter animação da teóloga Tereza Cavalcanti, docente da PUC e assessora do CEBI.

Além disso teremos mais dois ciclos aqui mesmo no Méier: Discípulos e discípulas de Jesus no Evangelho de Marcos e Marcos: roteiro de viagem tendo Jesus como guia.

Programação para agosto

 

Dia 4, sábado: Curso Popular da Bíblia: “A Formação do Povo de Deus”

Dia 11, sábado: Área Bíblica: “Marcos: a correção de uma ideologia triunfalista” parte 1

Dia 18, sábado: Área Bíblica: “Marcos: a correção de uma ideologia triunfalista” parte 2

 Dia 26, sábado: “Curso Popular da Bíblia – “A Formação do Povo de Deus”

 

Local: Casa Pe Dehon – Rua Vilela Tavares, 154.

Horário: 8:30 às 12 horas.

Entrada franca, sem necessidade de inscrição.

Quem quiser pode levar algo para partilhar.

 

*******************************************************************

   

CEBI – Nossa História

dezembro 18, 2016

 

 

 

Comunidade Renato Cadore

CEBI- Méier

______________________________________________________________________

 

CEBI – Centro de Estudos Bíblicos

 

Nossa história – O nascimento

Certo dia, nos anos sessenta, numa comunidade pobre no interior do Brasil, um estudioso da Bíblia explicava a lei bíblica que proíbe comer carne de porco (Lv 11,7; Dt 14,8). Dizia que essa lei nasceu no deserto. Devido ao forte calor e sem sal, a carne de porco estragava, e o povo que a comesse naquela situação poderia morrer. Essa lei visava a defender a vida da comunidade. Um homem simples que a tudo assistia, concluiu: Então hoje, aqui na nossa terra, Deus manda que a gente coma carne de porco!

Assim surgia diante dos olhos daquele biblista um novo jeito de ler a Bíblia. O biblista era frei Carlos Mesters, carmelita. Ele havia chegado às suas conclusões estudando geografia, história, exegese. Mas aquele homem, quase sem instrução, fez, a partir da realidade dura e pobre em que vivia e da sua luta em defesa da vida e de sua gente, uma interpretação muito mais profunda do texto. Descobriu o Espírito de Deus por trás daquelas palavras antigas e, ao mesmo tempo, trouxe esse Espírito, a defesa da vida, para o momento presente e para sua situação concreta. Dessa experiência nasceu um novo método de leitura da Bíblia, uma leitura a partir da realidade e em defesa da vida, que ficou conhecida como a “Leitura Popular da Bíblia”. Nascia assim o CEBI – Centro de Estudos Bíblicos. O lugar: Angra dos Reis, no sul do Estado do Rio de Janeiro. Corria o ano de 1979.

CEBI Méier

 

Nosso grupo adotou o nome de Comunidade Renato Cadore, homenageando seu fundador, padre dehoniano, hoje exercendo atividades pastorais em Americanópolis, São Paulo.

O CEBI Méier foi fundado em 4 de agosto de 2007, tendo cinco anos de caminhada. A primeira atividade foi um Curso Popular da Bíblia focando o Primeiro Testamento. O grupo é aberto ao ecumenismo. Entretanto, no momento todos os participantes são católicos romanos.

O CEBI dispõe de duas salas em uso permanente na Casa Pe Dehon (Rua Vilela Tavares, 154, Méier), espaço cedido pela Paróquia do Sagrado Coração de Jesus. Os encontros são semanais, aos sábados, de 8:30 às 12 horas.

Bíblia e Gênero

O texto bíblico é marcado pelo patriarcalismo, seja na sua origem, seja na tradição interpretativa das nossas igrejas. A leitura feminista da Bíblia presente na caminhada do CEBI quer desconstruir, renomear e reconstruir a memória esquecida das mulheres. Quer libertar o texto do patriarcalismo que marca as relações interpessoais e sociais, as relações com o mundo e o transcendente. Muitas mulheres têm investido na pesquisa bíblica, abordando especificamente essa temática. Em todos os níveis de trabalho do CEBI, tem havido reflexões, em encontros e estudos em praticamente todos os Estados e Regiões, sobre o papel e a relação entre homens e mulheres na Bíblia e na sociedade.

Neste ano, o CEBI Méier iniciou o ciclo de encontros Bíblia e Gênero, já tendo realizado três encontros sobre feminilidades. Em maio faremos um encontro sobre masculinidades. No segundo semestre teremos mais dois encontros. Ainda em maio iniciaremos os ciclos Bíblia e Etnia e Antropologia Cristã. Pretendemos também retomar o projeto de Leitura Popular da Bíblia.

Programação para maio

 

Dia 5, sábado: “O que vai ser quando eu morrer? Eu creio na Ressurreição.”

Dia 12, sábado: “Da dominação ao amor – Perspectivas Bíblicas sobre Masculinidades”

Dia 19, sábado: “Bíblia e Etnia – Atos Africanos”

Dia 26, sábado: “Curso Popular da Bíblia – Introdução”

 

Local: Casa Pe Dehon – Rua Vilela Tavares, 154.

Horário: 8:30 às 12 horas.

Entrada franca, sem necessidade de inscrição.

Quem quiser pode levar algo para se partilhar.

 

*******************************************************************

   

Vida e Dignidade

novembro 6, 2016

Bíblia e Cidadania.

Vida e Dignidade.

 

 

Buscar o fortalecimento da Cidadania é uma constante no trabalho do CEBI (Centro de Estudos Bíblicos). Cidadãs e cidadãos comprometidos com a luta por mais vida e dignidade são um dos frutos da leitura bíblica junto às comunidades populares.

 

Partindo da realidade dos excluídos, a metodologia do CEBI vai além do estudo bíblico. Ela gera uma mística que leva a uma prática não-violenta que tem sua fonte alimentadora na luta por uma sociedade de partilha, solidariedade e respeito a todas as formas de vida. Esse processo é vivenciado como um mergulho no grande mistério que são a vida e a divindade.

 

Sendo a vida a primeira leitura, nos aproximarmos da palavra de Deus tem que fazer, ou nos ajudar a ter, uma vida em sintonia com a defesa da vida que está na Palavra. Podemos imaginar a cena do homem que foi roubado, surrado e jogado num buraco, e que Jesus, ao passar por ali, não o fosse ajudar?

 

Seguir as práticas de Jesus é ser um cristão verdadeiro. É acreditarmos na construção de uma nova sociedade, de um novo cidadão. Como Jesus agiria frente à pena de morte, à rejeição ao desarmamento, às propostas de redução da maioridade penal? Como Jesus se comportaria frente à corrupção dos ricos e poderosos e frente às gritantes desigualdades sociais?

 

A proposta do CEBI é buscar na Bíblia textos que nos iluminem para essas entre muitas outras reflexões. Desde o ano passado contamos com o CEBI Méier, aqui em nossa paróquia do Sagrado Coração de Jesus, com atuação permanente ao longo do ano. Em maio teremos na Casa Pe Dehon a realização do primeiro evento da nossa comunidade de estudos bíblicos destinados a todo CEBI do Rio de Janeiro e aberto a quem se possa interessar por esse tipo de reflexão. Nosso primeiro tema será Bíblia e Cidadania.

 

O CEBI Méier estará realizando o Encontro Bíblia e Cidadania no dia 24/05/08, sábado, na parte da tarde, das 14 às 18 horas. O local do evento será a Casa Pe. Dehon (Rua Vilela Tavares, 154, Méier). O Cebi-Méier será responsável pela infra-estrutura. A participação é franca mas será desejável uma colaboração para o lanche partilhado. O coordenador do evento será nosso companheiro Lindolfo Lima. A animação estará a cargo do Divino Lopes da Silveira, nosso velho conhecido, do Cebi Centro-Rio de Santa Teresa. Trata-se de uma experiência simplesmente diferente, uma abordagem popular para uma aproximação dos textos sagrados enfocados de um ponto de vista da Cidadania.

Participe.

 

Em tempo: O Cebi Méier vai realizar em agosto e setembro um curso sobre o Segundo Testamento, coordenado pelo Fabiano Maciel. Oportunamente estaremos divulgando as datas dos encontros e as condições de inscrição.

 

 

Estudo do Evangelho de Marcos

outubro 30, 2016

 

CEBI CENTRO-RIO

Estudo do Evangelho de Marcos

Mês da Bíblia

 

Fernando Henriques

CEBI Méier

 

 

O CEBI Centro Rio convidou a profª Tereza Cavalcanti para assessorar o Estudo do Evangelho de Marcos, a propósito do Mês da Bíblia (ICAR). O evento realizou-se na Paróquia de São Jorge, em Quintino, zona norte do Rio, com a presença de aproximadamente 50 pessoas, a maioria da comunidade local, mas também de outras regiões da cidade e do estado.

 

Este encontro foi realizado em 01 de setembro último e decorreu das 9:20 às 16 horas. A assessora dividiu o estudo em cinco partes. Na primeira parte foi feita uma introdução à Bíblia, abordando suas partes constituintes. A segunda parte foi uma introdução ao segundo testamento. Já a terceira foi uma pequena introdução aos evangelhos e a Marcos em particular.

 

A quarta parte do encontro foi centrada no estudo de Marcos 5, 21-43, perícope comumente conhecida como A filha de Jairo e a mulher com hemorragia. Os participantes foram divididos em 5 grupos que refletiram sobre o texto e apresentaram suas conclusões e descobertas em plenária muito animada.

 

O grupo 1 abordou o texto sob a ótica de três perguntas: Qual a história de Jairo? Como ele se relacionou com Jesus? E com os demais personagens? O grupo 2 pensou o texto fazendo outras três perguntas: Qual a história da mulher hemorroísa? Como ela se relacionou com Jesus? E com os outros personagens? O grupo 3 debruçou-se sobre a questão de como era o relacionamento de Jesus com os seus discípulos, a partir da história contada por Marcos.

 

O grupo 4 tentou responder às seguintes questões: Quais eram as mulheres presentes na história? Elas têm nomes? Elas falam? O que acontece com cada uma delas? Por fim o grupo 5 abordou a questão de como era a relação de Jesus com a família de Jairo.

 

Após o almoço comunitário a assessora entrou na parte 5 e abordou a questão da voz das mulheres no texto bíblico, alargando a reflexão dos participantes. Ficou claro como as identidades masculinas foram preservadas enquanto nenhuma das mulheres envolvidas atende pelo próprio nome.

 

Cabe o destaque da maneira como a comunidade de São Jorge de Quintino recebeu a todos, com a fidalguia a que já nos acostumamos e com um grande amor pela Palavra e pelos irmãos. E cabe um profundo agradecimento à profª Tereza Cavancanti pelo incomensurável serviço que tão competentemente nos prestou. Com a palavra de Deus, nossa comunidade cebiana gera mais transformação e vida para todos!

 

 

 

**************

CEBI Méier: Cinco anos de caminhada.

outubro 23, 2016

 

CEBI MÉIER

Comunidade Renato Cadore

Cinco anos de caminhada

 

Fernando Henriques

subcoordenador

 

 

A 4 de agosto de 2007, por iniciativa do Pe Renato Cadore  o CEBI Méier fazia sua primeira atividade  pública, o encontro inicial de um Curso Popular da Bíblia, abordando o Primeiro Testamento a partir de coleção de Tea Frigerio publicada pelo CEBI.

 

Este encontro foi realizado num sábado, durante todo o dia, com almoço partilhado no foyer do térreo da Casa Pe Dehon. A assessoria coube ao Fabiano, hoje na tesouraria do CEBI RJ (Estado). Quase meia centena de companheiros iniciou o curso e muitas delas perseveraram e continuaram no CEBI Méier, alguns até a data presente.

 

Para assinalar os cinco anos de caminhada, nem sempre em céu de brigadeiro, esbarrando em rosas e espinhos nas curvas do caminho, o CEBI Méier teve uma celebração de aniversário na missa das onze horas do dia 02 de setembro último, presidida por Pe José Luís e dando início às atividades cebianas do Mês da Bíblia, que vão prosseguir até  novembro.

 

O início da celebração contou com texto escrito por Maria Dulce e Fernando preparando o ambiente do encontro. À hora da Liturgia da Palavra, o CEBI adentrou a nave da Igreja com Marcos Thadeu, atual coordenador, à frente, levando a Bíblia em suas mãos e o restante do CEBI o seguiu com velas nas mãos. Durante as leituras as velas do CEBI permaneceram ao lado do Ambão e nas proximidades do presbitério.

 

O Pe José Luís em diversos momentos destacou o carisma do CEBI no estudo das sagradas escrituras e da perseverança do grupo. Embora não seja tão grande como no passado, pudemos contar com um grande número de antigos participantes.

 

Cabe por fim um agradecimento à comunidade dehoniana que sempre nos tem apoiado e pela cessão de espaço para nossos encontros e eventos na Casa Pe Dehon.

 

**************

Trajano crê que política tenha influenciado sua saída da ESPN

outubro 2, 2016

José Trajano foi fundador da ESPN e um dos grandes responsáveis pelo sucesso do canal. Mas essa história de 21 anos teve um fim na manhã desta sexta-feira quando seu contrato foi rescindido. O jornalista ficou surpreso com a notícia e não esconde a tristeza após tantos anos de dedicação ao canal. Ele ainda acredita que seu posicionamento político tenha influenciando a decisão.

”Estou meio assim chocado, ninguém trabalha por tantos anos tendo fundado o canal, recebe um bilhete azul e fica tranquilo. Mas tenho recebido tanto conforto, que isso está me envaidecendo, mostra um trabalho bem feito, formador de muita gente. Eu levo o orgulho de ter feito o canal”.

Trajano ficou chateado pela forma como aconteceu a demissão em uma breve reunião. Ele diz que a presidência do canal justificou a saída como contenção de despesas, mas considera estranha a decisão diante do atual cenário político do país.

”Eu acho um pouco estranho nesse momento conturbado do país. Já me chamaram algumas vezes dizendo que seria melhor não falar nada de política. Eu sempre fui envolvido e nunca escondi as minhas preferências políticas. Achavam que pelo fato de eu ser um ‘talent’, onde eu estivesse eu estaria representando o canal”, disse.

”Houve um documento entregue no mês passado dizendo que havia uma norma da empresa que era de não se manifestar politicamente, disseram que era uma norma que veio dos Estados Unidos. Eu não assinei”.

José Trajano põe a língua no divã e conta tudo: das bebedeiras com Sócrates ao ciúme de Pedro Bial

José Trajano foi fundador da ESPN e trabalhou como diretor de jornalismo por 17 anos. Em 2011, ele deixou de ser executivo e permaneceu apenas como comentarista, especialmente do programa Linha de Passe. Apesar da tristeza de deixar a ESPN, Trajano está satisfeito com as várias manifestações de carinho que recebeu tanto de amigos quanto de uma geração de telespectadores que acompanhou o crescimento da ESPN.

”Um dia as coisas sempre acabam. O bom é que eu saio com o apoio de amigos queridos que ficaram chocados, do fã do esporte, de uma geração inteira que cresceu ali dentro e que hoje já têm filhos, ali já foi uma família. Tem muitas pessoas me ligando, gente que eu nem conheço, dizendo que fez jornalismo por minha causa. Isso me deixa feliz”.

Ao UOL Esporte, a ESPN negou que as manifestações políticas de Trajano tenham tido qualquer influência na rescisão do contrato. ”A ESPN sempre respeitou a posição política de todos os seus funcionários. Lamentamos que José Trajano não reconheça a nossa posição, sempre baseada em nossos valores de credibilidade, isenção e liberdade de expressão”, disse a emissora, em comunicado.

Diretor geral do canal no Brasil, German Hartenstein acredita que a saída do profissional fez parte de um processo natural e ainda teceu vários elogios ao jornalista. “O Trajano é um profissional há muitos anos na ESPN, são 21 anos de história. Ele teve uma atuação fundamental no crescimento da empresa, é um dos grandes responsáveis pelo canal estar onde está. A gente teve, ao longo dos anos, uma história muito rica, só tenho a agradecer pelo trabalho que ele fez. Assim como acontece com a carreira de muitos executivos, chega o momento em que não contamos mais com o apoio do Trajano. No meu balanço, o saldo é muito, muito positivo”, disse ao UOL Esporte.

Luiza Oliveira
Do UOL, em São Paulo

novembro 3, 2013

                      CEBI MÉIER

Comunidade Renato Cadore

Leitura Popular da Bíblia

 

Fernando Henriques

 

 

 

O CEBI (Centro de Estudos Bíblicos) é um órgão ecumênico de âmbito nacional com sede em São Leopoldo, RS. Em cada estado há uma representação, o mesmo acontecendo em nível municipal. O CEBI-Méier faz parte do CEBI Centro-Rio, que funciona no Colégio Assunção, em Santa Teresa.

 

Há cerca de cinco anos iniciamos nossa atuação na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, sob inspiração do Padre Renato Cadore. A atual coordenação está em seu segundo ano. Continuamos garimpando a imensa beleza e sabedoria da Palavra de Deus. Somos abertos à comunidade cristã, abrigando diversas denominações.

 

No segundo semestre de 2012 o CEBI Méier está apresentando uma rica proposta de encontros. Programamos atividades em quatro grandes blocos: leitura popular da bíblia, área bíblica, ecumenismo e meio ambiente. A riqueza da Palavra será garimpada através de estudos do Evangelho de Marcos e da Formação do Povo de Deus.

 

Partindo da realidade dos excluídos, a metodologia do CEBI vai além do estudo bíblico. Ela se propõe uma mística muito própria que tem sua fonte alimentadora na luta por uma sociedade de partilha, solidariedade e respeito a todas as formas de vida.

 

Temos dois importantes livros em nossas mãos, a VIDA e a BÍBLIA. O seguimento de Jesus é nossa meta. Seguir as práticas de Jesus é ser um seguidor do Caminho, um cristão verdadeiro. O estudo bíblico cebiano, na força do Santo Espírito, atualiza as práticas de Jesus. E essas práticas nos dão a certeza de que são possíveis uma nova sociedade e um mundo novo.

 

A proposta do CEBI é buscar na Bíblia textos que iluminem estas nossas realidades de um novo milênio e nos conduzam a uma práxis cristã. Venha você também participar conosco de nossa leitura popular dos textos sagrados.

 

Sua vontade em estudar a Bíblia, em aprofundar seus conhecimentos a respeito da Revelação proposta ao povo de Deus, seu amor por aquele que armou sua tenda entre nós, é suficiente para que você participe de nossa caminhada.

 

Venha você também fazer parte dos cebianos do Méier. Nossos encontros são aos sábados, das 8:30 às 12 horas na Casa Pe. Dehon (Rua Vilela Tavares, 154, Méier). Todos estão convidados a participar. Com a palavra de Deus, nossa comunidade gera mais transformação e vida para todos!

 

Programação para setembro:

 

Dia 1, sábado: Mês da Bíblia: “Evangelho de Marcos: tema do Mês da Bíblia”, com assessoria da Profª Tereza Cavalcanti, da PUC. Excepcionalmente este encontro será realizado na Igreja de S. Jorge, em Quintino, das 8:30 às 17 horas, com almoço no local.

Dia 15, sábado: Área Bíblica: “Discípulos e Discípulas de Jesus no Evangelho de Marcos” parte 1 – assessor: Fernando.

Dia 22, sábado: Área Bíblica: “Discípulos e Discípulas de Jesus no Evangelho de Marcos” parte 2 – assessor: Antônio.

 Dia 29, sábado: Área Bíblica: “Discípulos e Discípulas de Jesus no Evangelho de Marcos” parte 3 – assessor: Marcos.

 

Entrada franca, sem necessidade de inscrição.

Quem quiser pode levar algo para partilhar.

 

 

                                                 **************

levecon

setembro 1, 2013

Comunidade Renato Cadore

CEBI- Méier

______________________________________________________________________

 

CEBI – Centro de Estudos Bíblicos

 

Os fundadores

                                                                     

Para divulgar, aprimorar e capacitar pessoas no   uso da nova forma de ler e interpretar a Bíblia (metodologia da Leitura   Popular da Bíblia)), foi fundado, em 20 de julho de 1979, o Centro de Estudos   Bíblicos-CEBI. O CEBI constitui uma associação ecumênica sem fins lucrativos,   formada por mulheres e homens de diversas denominações cristãs, reunidos pelo   propósito de captar e fortalecer esse jeito de ler a Bíblia para que, junto   com Jesus, possamos orar: “Pai, eu te agradeço porque escondeste essas   coisas dos sábios e entendidos e as revelaste aos pequenos. Sim, Pai, assim   foi do teu agrado!” (Mt 11,25-26).

Nas fotos, da esquerda para a direita: Jether e   Lucilia Ramalho, Agostinha Vieira de Mello e Carlos Mesters.

A primeira foto é de 20 de julho de 1979,   durante a reunião de fundação do CEBI. A segunda é de outubro de 1999,   durante a celebração dos 20 anos do CEBI, na Assembléia Nacional de Salvador.

     Nossa história – O nascimento

 

CEBI Méier

 

Nosso grupo adotou o nome de Comunidade   Renato Cadore, homenageando seu fundador histórico.

O CEBI Méier foi fundado em 4 de agosto de 2007, tendo cinco anos de   caminhada. A primeira atividade foi um Curso   Popular da Bíblia focando o Primeiro Testamento. O grupo comemora seus   cinco anos com um novo Curso Popular da Bíblia, desde junho e até o fim do   ano.

O CEBI dispõe de duas salas em uso permanente na Casa Pe Dehon (Rua   Vilela Tavares, 154, Méier), espaço cedido pela Paróquia do Sagrado Coração   de Jesus. Os encontros são semanais, aos sábados, de 8:30 às 12 horas.

Bíblia e Ecologia

Terra, Ar, Água, Fogo.

A promoção da vida passa   pelo equilíbrio ecológico. A dimensão da ecologia já se faz ver e sentir em   inúmeros movimentos sociais e populares onde o CEBI atua. Ela continuará   presente, de modo marcante, nos próximos anos, com publicações, encontros e   seminários abordando especificamente essa temática. Essa atenção específica esteve   presente como tema de estudo da Assembléia Nacional do CEBI – “Bíblia e   Ecologia” – que aconteceu em novembro de 2002. Estudos e subsídios sobre   “Terra, Água e Fogo” foram temas abordados no triênio que se   seguiu. E permanece atual, bastando ver os parcos resultados da Rio+20. O   CEBI participou este ano da Cúpula dos Povos no Aterro do Flamengo, evento   paralelo. A reflexão sobre o tema é necessária para que nos imbuamos da   urgência de transformar nossa relação com a “oikos”, a casa que nos   acolhe.

Em 10 de novembro próximo   teremos um encontro Bíblia e Meio   Ambiente, promovido por nossa Comissão   de Cidadania, Fé e Política e pelo CEBI Centro-Rio. O encontro deverá ter   a animação do teólogo Obertal Xavier, assessor do CEBI e a participação de   Divino Silveira.

Mês da Bíblia

Este semestre o CEBI Méier   vai dar atenção especial ao Evangelho de Marcos. Já em agosto teremos dois   encontros. Em 01/09 teremos um evento especial, associados ao CEBI   Centro-Rio, tendo como local a Igreja de São Jorge, em Quintino. Tema: Discípulos Missionários a partir do   Evangelho de Marcos. O encontro deverá ter animação da teóloga Tereza   Cavalcanti, docente da PUC e assessora do CEBI.

Além disso teremos mais   dois ciclos aqui mesmo no Méier: Discípulos   e discípulas de Jesus no Evangelho de Marcos e Marcos: roteiro de viagem tendo Jesus como guia.

Programação para agosto

 

Dia 4, sábado: Curso Popular da Bíblia: “A Formação do Povo de Deus”

Dia 11, sábado: Área Bíblica: “Marcos: a correção de uma ideologia   triunfalista” parte 1

Dia 18, sábado: Área Bíblica: “Marcos: a correção de uma ideologia   triunfalista” parte 2

 Dia 26, sábado: “Curso Popular   da Bíblia – “A Formação do Povo de Deus”

 

Local: Casa Pe Dehon – Rua Vilela Tavares, 154.

Horário: 8:30 às 12 horas.

Entrada franca, sem necessidade de inscrição.

Quem quiser pode levar algo para partilhar.

 

*******************************************************************